Declaração de Imposto de Renda – como funciona em ONGs?

Entenda Como Funciona A Declaracao De Imposto De Renda Para Ong Saiba Mais Na Descricao Post (1) - gestao terceiro setor

Entenda como sua ONG deve proceder em relação à Declaração de Imposto de Renda!

Mantenha a regularidade da sua ONG, compreendendo como funciona a questão da Declaração de Imposto de Renda

Você já parou para pensar em tudo que é preciso para que sua ONG se mantenha ativa e atendendo o maior número de pessoas possível? 

Além de uma gestão impecável e boas estratégias de captação de recursos, é preciso estar em dia com as obrigações que garantem a plena conformidade fiscal da sua organização. 

Dentre essas obrigações, a Declaração de Imposto de Renda costuma gerar algumas dúvidas, por isso, ao longo deste artigo vamos esclarecer as principais. 

Assim, você terá o conhecimento adequado para manter a sua ONG em dia com essa questão e evitar problemas que podem atrapalhar o desenvolvimento das suas atividades sociais.

Declaração de Imposto de Renda – como funciona em ONGs?

A Declaração de Imposto de Renda é uma obrigação que abrange pessoas físicas e jurídicas, sendo que o imposto é cobrado sobre os rendimentos que foram obtidos durante um período de tempo. 

Contudo, quando o assunto se relaciona a organizações do terceiro setor, é comum que existam dúvidas em relação à isenção.

Existe uma declaração diferenciada quando o Imposto de Renda se liga às ONGs, que é voltada para declarar recebimentos por meio de doações. 

Essa declaração é disponibilizada pela própria Receita Federal e você pode acessá-la clicando no seguinte link:

Declaração a Ser Prestada Pelas Entidades Civis, Sem Fins Lucrativos, Quando do Recebimento de Recursos Sob Forma de Doação (PDF)

Com isso, você consegue esclarecer a questão do Imposto de Renda. 

Entretanto, é essencial ter em mente que ONGs têm sim obrigações fiscais a serem cumpridas, e é sobre o que falaremos no tópico a seguir.

Obrigações fiscais de uma ONG

Não é apenas a Declaração de Imposto de Renda que garante a conformidade da sua organização com as questões fiscais, sendo necessário realizar as seguintes entregas: 

  • Escrituração contábil financeira;
  • Escrituração contábil digital;
  • EFD contribuições;
  • Declaração de débitos e créditos tributários federais;
  • Declaração do Imposto de Renda retido na fonte;
  • e-Social; entre outros. 

Todos esses pontos fazem parte da prestação de contas que sua entidade do terceiro setor precisa realizar para poder realizar as atividades em plena regularidade. 

Sem isso, a sua ONG precisará lidar com problemas com o fisco, que podem até mesmo interferir na continuidade das atividades que você realiza.

Para isso, ter suporte contábil é indispensável, pois você conta com especialistas no assunto te auxiliando a manter tudo em dia da forma mais adequada possível.

Conte com suporte contábil adequado!

Para ter um suporte realmente impecável, especializado em contabilidade para o terceiro setor, você pode contar conosco. 

Com nosso suporte, você tem o auxílio de profissionais contábeis especializados na sua área de atuação, que compreendem as especificidades existentes para organizações do terceiro setor e são preparados para cuidar de tudo para você de forma impecável. 

Assim, você mantém sua organização distante de problemas fiscais e tem tranquilidade para focar sua atenção no funcionamento da ONG. 

Sendo assim, não hesite em entrar em contato conosco agora mesmo!

Classifique nosso post post

Mais posts similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado só para você
Saiba como prospectar recursos financeiros para projetos sociais na sua…